Como é bom governar em Portugal

26 05 2015

Tive de sair do grupo do facebook “movimento de cidadãos que exige que políticos devolvam o que roubaram” . Não há paciência , o grupo nada tem a ver com o título, é apenas mais uma página de salada de esquerda para insultos ao governo embora haja também uma ou outra notícia sobre Salgado e Sócrates. Um título de grupo que me induziu em erro. Enfim, um alívio não receber mais notícias de há um ano como se fossem de ontem, não ter de ler aqueles comentários…
Já agora, sobre a Grécia, Deus Nosso Senhor nos valha! Quando é que acordam para a realidade? Acham que a Grécia pode decidir não pagar ao FMI e isso é posição de força? Acham mesmo?
Eu não sou masoquista, mas fomos nós, não a Europa, que cá colocámos os governos que nos têm conduzido à miséria , uns com despesimo, outros, com roubalheira e corrupção, outros com ambas…. outros com austeridade, pois! Acho que este governo, o de PPCoelho pelo menos levou o país a sair do lixo, ou seja o dinheiro dos cortes dos nossos salários e pensões serviu para nos libertarmos da Troika, PARA REDUZIR OS JUROS DA DÍVIDA e não foi para os bolsos do PPC tanto quanto sei.
Estão a emprestar-nos a juros negativos, nalguns prazos. Todos os resultados conseguidos com esse nosso sacrifício podem desaparecer num dia, no dia em que Costa ganhar as eleições e fizer um discurso tipo Syrisa.
Em boa verdade, acho que nenhum deles, nem Costa nem PPCoelho querem governar na próxima legislatura. Eles sabem bem o povo que somos, incapazes de consensos, embora de brandos costumes… viu-se isso dos brandos costumes na semana passada, a destruição e saque do estádio do Guimarães , enquanto o subcomissário, que deveria estar a impedir aqueles desmandos, estava cá fora ocupadíssimo a malhar num cidadão pacato. Somos mesmo brandos.
Concluindo, os insultos no facebook são demasiado frequentes para que me interesse continuar nesse ou noutros grupos políticos (no face e não só). O facebook tem sido para mim uma forma de reencontrar amigos e família, essa a parte boa. Quanto a causas, no facebook, acho que vou continuar a lutar pelos animais através das petições que grupos de pessoas do mundo inteiro organizam para defender os que não têm voz mesmo. E tão só. Quanto às minhas opiniões prefiro colocá-las aqui, onde são públicas e podem ser lidas no face também.

Anúncios




Quem vai pagar o Programa do PS?

23 05 2015

Quanto ao Programa do PS: alguém há-de pagar as benesses…. Quem??? Nós. os mesmos de sempre, uns anos (poucos) depois, quando vier outra vez o resgate e a Troika, perdão não é Troika agora, agora por iniciativa da Grécia, são as “Instituições” que vêm, nada de Troikas 🙂
Então a solução é outra vez a procura interna? E se lessem o que diz a Prof. Doutora Teodora Cardoso, do Banco de Portugal? Eu sei que a maioria dos Portugueses que opinam um pouco por todo o lado, aqui no face e nos cafés, estão doutorados em duas matérias: futebol e política económica, mas esses doutoramentos são de sofá , de café e de cervejola. A maioria desses opinadores são de esquerda, muito anti-Alemanha, mas têm as chaves do BMW, Passat, Audi, Mercedes… na mesa da cafetaria a exibir o sucesso empreendedor…
Conselho a Passos Coelho : diga já o que vai fazer às pensões e ao IRS. Acha bem que paguem pela mesma bitola percentual os que ganham 20 mil e os os ganham 40 mil?????? Vá desvendando o seu futuro governo. Muito gostaria que o PS fizesse o mesmo. É tempo de sabermos os crânios que nos (ou que se) vão governar.





O “Portucaliptal” a concretizar-se

20 05 2015

Meu pai inventou esta palavra como sugestão para a mudança do nome do país. Meu pai, Cecílio Gomes da Silva,engenheiro silvicultor, faleceu em 2005, dedicou toda uma vida à floresta e muito escreveu contra o eucalipto, ou seja, contra aquilo que designava por “talhadia de eucalipto ” que não é o mesmo que floresta de eucaliptos, como há na Austrália, onde, dizia com o humor que o caracterizava , também há koalas e cangurus…. Nessa guerra contra a indústria do eucalipto que gera lucros enormes às celuloses, arranjou alguns inimigos dentro da Direção Geral das Florestas ou Serviços Florestais que era o nome antigo-hoje é outro nome, estão sempre a mudar de nome mas o que fazem é sempre o mesmo servindo os lobbies . Faleceu e a saudade é imensa , e vejo que também faz falta ao país. Mas como muito gostava e gosto dele ainda bem que não está aqui para ler isto:
Público :
Eucaliptos atraem quase 90% dos investimentos privados na floresta
MANUEL CARVALHO 19/05/2015 – 07:18
Oito em cada dez hectares de floresta plantados sem recurso a fundos públicos tiveram como destino os eucaliptos. A liberalização das plantações e replantações está a dar fôlego à espécie que já domina a floresta nacional.

Isto é a destruição do fundo de fertilidade de um país. A liberalização introduzida por este governo , permite substituir floresta de pinhal por eucaliptal e os “privados” são os pequenos proprietários que nada recebem quando a floresta arde, que são obrigados a limpar a floresta … tudo sem qualquer apoio , só ameaças de coimas ou limpeza pela câmara que apresentaria depois a factura ao proprietário (esta medida aliás introduzida pelo Partido Socialista e que contribuiu para que meu pai muito se enervasse nesse fatídico ano de 2005, ano em que faleceu). Os “privados, que, na sua maioria são pequenos proprietários, são empurrados para a “solução” amavelmente sugerida pelas celuloses, que lhes arrendam os terrenos, ou que lhes garantem o escoamento do material lenhoso a preços que sempre são qualquer coisa , se comparados com as despesas… Depois admirem-se de meu pai ser profeta. Meu pai não queria ser profeta, adoraria que se tivesse enganado nas previsões que fez em relação à enxurrada da Madeira. Quando o artigo de meu pai, intitulado “Eu tive um sonho” (Diário de Notícias – Funchal,13 de Janeiro 1985. ) , depois da tragédia da Madeira de 2010, foi divulgado na imprensa do continente e nas redes sociais como profético (já tinha falecido havia cinco anos quando se deu a desgraça na ilha da Madeira e o artigo tornou-se conhecido em todo o país ,pelo menos pelos mais interessados nas questões da floresta e da água) alguns, até mesmo pessoas com responsabilidades na gestão da floresta nacional, disseram que qualquer um podia fazer essa previsão, o que, acho eu, agrava muito as responsabilidades, tornando-se então a questão muito, mas muito grave. Então se qualquer um poderia fazer a previsão e nada fez para evitar a tragédia, estamos em presença de negligência criminosa, digo eu. O artigo de meu pai tinha (e tem )duas partes: uma é a previsão dita profética , a outra parte era a solução, também apresentada como sonho, era a reflorestação massiça com espécies endémicas (esta solução também defendia para o continente). Essa segunda parte , por acaso até tem estado a ser parcialmente concretizada na Madeira por associações amigas da floresta, por pessoas que o fizeram em homenagem a meu tio médico Rui Martírio Gomes da Silva ,também muito preocupado com a desflorestação, que sempre viveu na Madeira e lá faleceu, tendo doado à associação o terreno que tinha na montanha (consultar página de Raimundo Quintal no facebook sobre estas iniciativas) ; para além disso, na Madeira, pelo menos, há uma área protegida: a Laurissilva. Por aqui , no Continente, é este fartar vilanagem . Só o sobreiro escapa e mesmo esse é o que se sabe, quando há projetos turísticos , é o vale tudo, há sempre quem assine a autorização para arrancar!!!!!!!!!!!!…
O eucalipto consome toda a água das redondezas, o fundo de fertilidade – e acho que a história dos 48 e 60 anos é a história da carochinha… – mas, mesmo que seja verdade, pergunto eu: e depois dos 40 anos ou 60, o que é que fica? Eu digo-vos o que fica: um terreno sem qualquer fundo de fertilidade sem sub-bosque que segure as ravinas, um terreno que estará reduzido à rocha mãe , onde nada crescerá, nem o pinheiro bravo nem planta nenhuma, entretanto , a água e o vento se encarregarão de trazer o resto de solo e a rocha cá para baixo, aliás, é só vermos como nas estradas esse problema já está bem evidente: redes de malha fina penduradas, pedregulhos embrulhados em redes de malha grossa a sustentar o insustentável: encostas nuas de vegetação!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! E mais não vou dizer pois podem sempre atacar-me num ponto: não é a minha área. Pois não, o que sei sobre isto aprendi com meu pai e tenho lido muitos artigos sobre a desflorestação e a sua relação com a água ( na sua conservação e captação) e erosão consequente da desflorestação ou plantação de espécies não endémicas, altamente exigentes, de crescimento rápido e altamente combustíveis . Estou a descrever os eucaliptos mas não só (as pseudotsugas, por exemplo também não serão adequadas). Portanto, será que daqui a sessenta anos vão dizer que meu pai era profeta, pois muito escreveu sobre o eucalipto e contra a talhadia de eucalipto, explicando as consequências???????????? Também já cá não estarei mas estarão os netos de meu pai e os filhos deles. Mas isso importa a alguém nesta geração de oportunistas que têm mandado neste país????????????? E mais não digo pois tenho de evitar os AVCs, que estou a entrar na idade em que as subidas de tensão se tornam perigosas e estas coisas enervam-me profundamente, pois queria este país reflorestado com a floresta endémica, muito menos combustível, com o risco de fogos reduzido, com cidadãos não dominados pela ganância e pelo lucro fácil, pesssoas que amem a sua floresta verdadeira e completa e dela desfrutem.





Há cada valentão nas forças policiais

18 05 2015

Vi em todos os canais as imagens de violência policial em Guimarães sobre um família pacífica de benfiquistas. Vi o “valentão” atacar uma pessoa desarmada e sem qualquer objeto na mão, que não oferecia qualquer perigo , acompanhada dos dois filhos menores e do pai de cabelos brancos. A vítima foi presa e constituída arguída, o que é inacreditável face ao que vimos na TV em todos os canais. A vítima declarou hoje à saída do tribunal que estava a explicar com alguma veemência o que se estava a passar lá dentro do estádio quando foi atacado pelo polícia (que é graduado). Este que designo por “valentão” seguiu à bastonada sobre a vítima que já estava no chão, mas antes disso ainda dá dois murros no pai da vítima ,um homem que podia ser quase avô dele. Imagens muito interessantes e esclarecedoras. Ficámos a saber o tipo de gente que pode chegar a graduado da polícia. Ficámos a saber que o pacato benfiquista não se sentiu em segurança DENTRO do estádio pelos desacatos que lá estariam a acontecer e dos quais não temos imagens infelizmente, apenas o resultado final do vandalismo dos hooligans benfiquistas que esses, não foram corridos à bastonada. Eu gostaria de saber era uma coisa ainda mais importante: então por que raio estão as portas fechadas? Uma pessoa não é livre de sair do estádio? A porta estava fechada: PORQUÊ???????
Quanto ao valentão deveria ser expulso da polícia e encontrar outra profissão. Para já suspensão e depois expulsão ou se apresentar as desculpas formais necessárias, sugiro formação (requalificação:::?) obrigatória e transferência para a Cova da Moura ou um bairro equivalente. Aí é que eu queria ver a valentia!!!!!!!!!!!

PS: A ser verdade que o valentão criticou o cidadão por trazer os filhos a ver o jogo, então é grave , muito grave, sendo graduado deveria assegurar que lá dentro o que estava a acontecer era um jogo de futebol com festa mas SEM PETARDOS!!!!!!! Sem agressividade ! O futebol não é um cenário de guerra ! Por isso se um polícia se acha no direito de criticar um cidadão por exercer um seu direito então é natural que esse cidadão se exalte um pouco, mas , mesmo assim, não vimos qualquer agressão!!!!





Bom resto de Domingo!

17 05 2015




A fera…

15 05 2015

IMG_2015_04_14_4324





Portugal visto lá de cima

14 05 2015