Neste intermezzo, ter muito cuidado. Lá volto eu à “carga”, é mesmo ideia fixa

30 09 2009

O governo está ainda em funções, pode ser tentado a voltar à carga. Desistiram em Abril mas muitas escolas notificaram. A Lei 12-A/2008, de 27 de Fevereiro foi revogada? Atenção aos placards… E aqui fica o link da minuta do Sindicato (SPRC) a requerer individualmente  a impugnação do acto. Não confio nem um bocadinho no PSD no que a isto respeita. É que há ainda uma Lei Fundamental que agora até podem alterar coma  maioria de dois terços dos partidos da direita, ou seja PS+PSD+CDS. Senhores do PS de Sócrates: alterem a Constituição primeiro e assumam-se como partido de direita que são. Não vá acontecer que alguns professores mais ou concentrados no trabalho de arranque do ano lectivo (ou distraídos com as escutas e as declarações do PR e mais as reacções do PS, neste jardim infantil em que os media e os políticos de baixo “astral”, para não dizer “nível de qualidade” transformaram a arena política portuguesa) achem que têm que assinar contratos a termo indeterminado se para isso forem notificados. Note-se que o termo é “contrato” e não “nomeação”, é  ” indeterminado” e não “definitivo”, ou seja, cessa o vínculo assim que assinarmos qualquer documento chamado contrato individual de trabalho. Já fomos nomeados, terão que revogar as nomeações, uma a uma. Um contrato assinado por nós é um documento de acordo bilateral que faz cessar o despacho de nomeação. Acho eu, que não sou jurista. Mas cheira-me a que isto possa voltar. Há sindicalistas que têm dito por aí : “somos obrigados a assinar”. No site SPRC esta questão está ainda fácil de encontrar mas não é clara numa coisa: não se deve assinar contrato, que é o que eu defendo. Mandar a minuta ao secretário de estado e NÃO ASSINAR NENHUM CONTRATO INDIVIDUAL.  No site da Fenprof é difícil encontrar a minuta.





Conselho superior (Bagão Félix)

30 09 2009

Falando mesmo de coisas sérias, Bagão Félix diz que o défice orçamental irá para os 8,5 e mesmo 9%. Não se encontrando receitas extraordinárias, como no caso do ano anterior com os direitos de exploração das barragens (à EDP), sendo a redução da despesa politicamente difícil, um aumento de impostos também não aconselhável, parece que o antigo ministro das finanças acha que a redução do defice não deve ser o objectivo número 1 do governo, mas sim a economia e a produtividade…. De registar esta opinião que é importante para os debates no Parlamento quando for a altura de aprovar o orçamento.





Agora falando a sério: esta “crise” está muito sobreavaliada

29 09 2009


Como se pode verificar houve crises bem mais sérias, no passado. É que não é inédita esta manifestação de irritação por parte de um alta figura do Estado, embora a personalidade no vídeo tenha sido apenas um primeiro-ministro. Há ainda uma pequena diferença, Pinheiro de Azevedo foi literalmente sequestrado e não figurativamente “encostado”. Salvaguardando, ainda, claro está , o estilo diferente das duas figuras. O discurso do almirante era, por assim dizer, pouco burilado. Sublinho que todo o contexto histórico era assaz diferente do actual verificando-se uma gravidade de factos em nada comparável a esta pequena crise que poderiamos chamar de jogo do empurra. Compreende-se a irritação de ambos. É extremamente desagradável ser sequestrado ou empurrado.





Era uma vez…

29 09 2009
Um rato , dois besouros e um cacto

Um rato , dois besouros e um cacto

Fonte: insegura, começa na página “odia.terra” e salta para a página “buscapé”; verdade, verdadinha.




Shiva Bhole (Kumar Vishu)

29 09 2009




Beethoven’s Triple Concerto by Daniel Barenboim, Itzhak Perlman and Yo-Yo Ma ( Part 3)

28 09 2009




Misa Criolla – Kyrie (Ariel Ramírez)- Zamba Quipildor

28 09 2009


É só por ser Domingo…