Boa Passagem de Ano!

31 12 2015


Missa Solene (em Ré)
O primeiro de janeiro é também um feriado religioso
Que seja então uma missa pela Paz no mundo e em nossas casas.

Anúncios




Pois, tudo bem, de acordo, mas como fariam?

29 12 2015

Lá tenho eu de prolongar os raciocínios de quem encontra sempre forma de voltar à sua zona de conforto quando as notícias não são boas, votando contra o orçamento retificativo. Sim ,pois, concordo, estamos fartos de pagar os desmandos dos bancos. Pois, de acordo, há muitos culpados, sabemos.E muitos loureiramente em liberdade. Quanto ao regulador, o BP, espero que não esqueçam que no caso BPN quem estava a dirigir o Banco de Portugal era Victor Constâncio (só por uma questão de rigor da memória). Claro , concordo, não há dúvida, esse dinheiro deveria ir para a saúde sobretudo e para a educação e para apoiar os desfavorecidos. POis concordo com isso tudo, e que é injusto a forma como se vai compensar no déficit, que ainda ninguém disse como será mas eu calculo. Mas: como fariam para resolver este problema? Ao menos o PCP já disse: nacionalizava toda a banca. O que aconteceria depois é óbvio- Portugal a sair do espaço europeu. Mas ao menos dizem o que fariam. E o bloco de esquerda? Como faria? O mesmo? Então estamos conversados. A realidade não se apaga só porque não convém. Ela está aí. A Europa é o que é, uns mauzõese pouco democráticos todos a trabalhar para a banca. Pois mesmo que assim seja, é o que é, e são os nossos credores. COMO SE FARIA para nos financiarmos? Pedíamos empréstimos à Rússia? Essa já disse que não há dinheiro. À China?





Empresas públicas e consultorias em 2010

28 12 2015

Cerca de metade dos trabalhos de consultoria adjudicados por 69 entidades do sector empresarial do Estado (SEE) não foram suportados num contrato escrito. Estas adjudicações representaram mais de 31 milhões de euros que não puderam passar por qualquer crivo de fiscalização ou avaliação. A conclusão é do Tribunal de Contas (TC), numa auditoria às despesas destes serviços externos realizadas em 2007 por empresas públicas, que ascenderam a 103 milhões de euros num total de 1267 de adjudicações

A análise do TC arrasa o processo de contratação usado pelas empresas públicas, apontando a prática de adjudicações de consultorias não concorrenciais (ajuste directo sem consulta) e inexistência de 533 contratos neste tipo de serviços, entre os quais 20 são da Parpública. No total de 1076 de adjudicações a empresas consultoras, por 99,5 milhões de euros, “cerca de 50% não foram sustentadas por contratos escritos”, conclui a auditoria.”





Mais música da época

25 12 2015




Podia ser uma das melhores piadas do ano

25 12 2015

Eu acho que a depressão é incapacitante, mas cura-se. Haverá quem ache que não, há até quem não ache a depressão uma doença, portanto, para estes últimos, os respectivos atestados são assim a modos que uma desculpa mal atamanhada …
A piada que podia ser das melhores do ano não foi terminada por quem a iniciou por assim dizer (ou não iniciou coisa nenhuma sou eu que penso que sim) … Seja como for (e seja eu visada ou não) vou acabar ou expandir a piada. Fartei-me de rir a imaginar o pessoal batendo à porta do Céu , entregando a São Pedro um atestado psiquiátrico a justificar as más ações. Claro que links não ponho, sorry, não posso, vão-me chamar paranóica uma vez mais. Apesar de gostar de pensar que sou cristã, tenho certos problemas em dar a primeira face quanto mais a outra. E talvez seja mesmo tudo coincidência e de facto, estas leituras do que outros escrevem não me permitem afirmar que me visam. Consideremos então que são formas que encontro de dialogar comigo mesma, o que torna o problema da autoria da piada completamente secundário. Quanto a dialogar comigo mesma, penso ser direito que me assiste num blogue, não numa sala de concertos ou de cinema. Também é perigoso usar textos de outros como se me visassem quando nada tinham a ver comigo,segundo os autores… Tenho de ter mais cuidado, posso estar mesmo a ficar paranóica e acabar no piso da psiquiatria de um hospital qualquer, piso que é fechado permanentemente (literalmente, a porta está fechada) e a alta pode não depender de nós. Não, isso não quero 😦
Agora a sério, não acho que se possa fazer no julgamento final o mesmo que nos tribunais humanos, alegar inimputabilidade, mas isso sou eu a dizer coisas. Pensando um pouco mais, a piada não tem piada nenhuma. 🙂





Desculpem insistir nestas citações

25 12 2015

Mas foi a pessoa cujo nascimento comemoramos que as disse, segundo os evangelistas, neste caso, Mateus. E nestas passagens já há matéria para reflexão e há a oração que repetimos, às vezes , mecanicamente. Por isso, no Natal é cantada. Pena ser só no Natal e Páscoa.
Mas por hoje chega de “beatices” 🙂





Mateus 6

25 12 2015

Guardai-vos de fazer a vossa esmola diante dos homens, para serdes vistos por eles; aliás, não tereis galardão junto de vosso Pai, que está nos céus.
Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.
Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita;
Para que a tua esmola seja dada em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, ele mesmo te recompensará publicamente.
E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.
Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.
E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos.
Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes.
Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;
Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;
O pão nosso de cada dia nos dá hoje;
E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;
E não nos conduzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém.
Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós;
Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas.
E, quando jejuardes, não vos mostreis contristados como os hipócritas; porque desfiguram os seus rostos, para que aos homens pareça que jejuam. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.
Tu, porém, quando jejuares, unge a tua cabeça, e lava o teu rosto,
Para não pareceres aos homens que jejuas, mas a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.
Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam;
Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam.
Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.
A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz;
Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!
Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.
Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?
Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?
E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?
E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;
E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.
Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé?
Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?
Porque todas estas coisas os gentios procuram. Decerto vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;
Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.
Mateus 6:1-34