Elfstedentocht alternativa

8 12 2019

A última autêntica foi em 1997 e foi-me possível seguir pela tv, pois estava na Holanda. Ir à Friesland naquela altura seria quase impossível, já estaria tudo quanto era hotel ocupado. A participação na corrida de 200 km não foi nunca um objetivo, como se calcula. Mesmo que  fosse ainda mais jovem do que quando lá estive (e era jovem , agora é que sinto, na altura , não 🙂 ) e estivesse a treinar durante um ano inteiro , nunca seria possível, pois há uma fila de espera de gente que vai envelhecendo, membros da associação Elfstedentocht que já desistiram da ideia de vir a ter a oportunidade de participar, têm primazia os membros mais antigos. Não sei se alteraram isso. Da alternativa não sei muito. Mas sempre há a corrida de profissionais e é um gosto ver patinar no gelo natural , seja onde for.





Alterações de privacidade no facebook

6 12 2019

Verifiquei que se eu não vejo o portal de uma pessoa no face e outros vêem (o acordo ortográfico eliminou o acento ou é o meu dicionário que está doido?  Seja como for , recuso-me a não colocar o acento nesta palavra)  , isso significará que fui especificamente bloqueada, ora isso impede-me de fazer o mesmo, ou seja , não aparecendo a pessoa na busca do face, eu não consigo bloquear alguém que não aparece na lista…. Assim , fica o meu portal no Facebook limitado aos amigos. Quem me bloqueou sabe bem que o fez e eu digo-lhe que não deve ter medo de coisinha nenhuma vinda de mim (pode estar livre de uma camada de sarna como está de que eu contacte alguma vez , seja de que forma for) ou terá um grande peso na consciência (seria bom sinal) ou uma inveja qualquer ou um odiozinho de estimação pela minha pessoa, pois queria ficar com a jóia da coroa e eu não deixei!





Lang Lang em master class…

4 12 2019

Exigindo mais e melhor…. traumatizante , não é? É inaceitável tortura,  segundo os mentores da onda de mediocridade que nos governa… qualquer coisinha que o aluno consiga fazer sem esforço nenhum basta para o “sucesso”. Neste caso do vídeo estamos num nível estratosférico … baixemos um escala ou duas, mesmo assim, em tudo o que os nossos jovens se possam superar , não será com o sucesso à força que o ministério da educação quer impor por todo o lado, que alguma vez vão desenvolver na sua plenitude o talento que possam ter escondido algures… vão ser arrastados para o lamaçal da mediocridade geral, sem esforço nenhum. Apenas isso.





Recuperada , mais uma semana e pode sair ver (ou rever) mundo… E o resto….

29 11 2019

A gatinha já teve alta, mas prefiro dar-lhe primeiro a vacina do felv, antes de a deixar sair. Será na próxima semana.  Entretanto, em casa, faz a vida negra aos outros dois, especialmente o mais novito que ainda lhe não deu uma lição eficaz. O mais velho é respeitado, embora ela tente sempre brincar com o rabo dele quando (ele) está a comer. Este gato mais velho tem um casaco de pele de urso e gordura quanto baste, por isso ultimamente tem ficado lá fora, mesmo com chuva. O mais novo mudou-se para a casinha das visitas que tem uma portinhola para gatos (deixei aberta para que ao menos lá dormisse e não nas ruínas ao relento como estava a acontecer). Vem só para comer. Entretanto quando há encontros deixo-os brincar/lutar para estabelecerem hierarquias. Pena que o mais novito se canse da brincadeira e acabe por querer sair, ela assim pensa que venceu….

Quanto ao resto, ou seja , o que se passa no país, felizmente , Costa anda a provar um pouco do sabor amargo de governar com oposição… , mas ele sabe que ninguém o depõe, mas não vai fazer com todos os casos em que seja contrariado a ceninha triste que fez quando da recuperação do tempo de serviço dos profs.… Digo eu…





Guinote em modo lucidez e prosa acutilante

24 11 2019

Acho bem que os muitos professores e encarregados de educação que se consideram de esquerda leiam os últimos posts de Guinote, se quiserem perceber de fonte menos suspeita (pois o autor persiste em considerar-se de esquerda) como a Escola Pública está a ser destruída pela equipa António Costa e o outro Costa da Educação. Ele refere de passagem a ligação de pessoas próximas do PS ao grupo GPS. “Tem pai que é cego” como dizem os brasileiros! Não é preciso teoria conspirativa, apenas se junta a estupidez talvez bem intencionada , mas associada a uma ignorância atroz, com os interesses reais de quem quer ver crescer os lucros e a dimensão do sector privado na educação!

PS: Não coloco links pois aprendi a minha lição… não há mais links para aquele “quintal” nem a dizer mal nem a dizer bem!





Comboio noturno para Lisboa?

22 11 2019

Sem aspas e com ponto de interrogação pois tal coisa não existe de Berna a Lisboa. Pelo menos que eu saiba….. O filme com esse nome (“Comboio noturno para Lisboa”) é interessante. Foi lá (quase de certeza, mas pode ter sido noutro filme) que vi uma imagem que me chocou pois fiquei sem saber como deve ser feita uma traqueotomia. Não é que eu queira fazer uma , mas sempre tive uma pavor à ideia de ver morrer uma pessoa com falta de ar, no caso de ter um objeto a obstruir as vias aéreas… e nada fazer enquanto se espera pelo INEM…. Bem , há sempre a manobra de  Heimlich , mas é preciso muita força e, no caso da pessoa engasgada ser homem grande e forte, não sei se resultará… Deveria haver cursos de socorrismo gratuitos para a população. Bem , o filme não é sobre traqueotomias, é sobre a resistência em Portugal. Aconteceu ? Ficção? Baseia-se num livro pelo que percebi.  É sempre um gosto ver Jeremy Irons a trabalhar. Parece que o ator gostou de cá estar e disse que há algo de mágico neste país. Verdade, é um país de mágicos e vigaristas e muito fácil de governar.





In memoriam

19 11 2019

Hoje é o dia a partir do qual vão todos (os ditos de esquerda) dizer que sempre gostaram dele , que sempre foi um dos “deles” ….

Que descanse  em paz.

Deixo postada ainda aquela obra magnífica que me deslumbrou especialmente, no aspeto musical quando, há muitos anos, mesmo muitos,  a ouvi pela primeira vez.  Lembro-me de ter ido imediatamente  procurar, na ficha técnica, quem tinha feito os arranjos orquestrais  fenomenais. Ainda tenho o LP. Talvez o vá ouvir de novo. Pois o analógico é insuperável, na minha modesta opinião, por muitas razões algumas das quais poderia adiantar , mas cientificamente não sei explicar. A captação do som deste disco foi também muito rigorosa..

A mestria de José Mário Branco na orquestração era simplesmente genial.