Há mais plataformas do que a Zoom e Google

6 04 2020

Por exemplo a meeting.tencent.com. Li os termos e não me parece leonina. As pessoas só agora se preocupam com a privacidade? Têm os filhos no face , Instagram e WhatsApp a postar o que lhes apetece sobre as suas pessoas e nunca se peocuparam. Os próprios pais postam fotos do rebentos com muito orgulho com identificação do nome e tudo. Isto anda a irritar-me soberanamente, esta resistência que vejo um pouco por todo o lado ao e-learning. Lamentável.

Quanto aos direitos de autor , tenham vergonha na cara, o you tube está cheio de vídeos de ensino de matemática para exame final, por exemplo, e são sobretudo de professores brasileiros. Eles só pedem para subscrevermos o canal , mas podemos ver tudo sem subscrever!!!!!!!!!!!!!!!!! Portugueses? Contam-se pelos dedos. Tenham vergonha!!!!

Quanto a este ano letivo formalmente falando, acho que ele deve ser dado por encerrado em todo o ensino. No entanto, devem ser fornecidos aos alunos todos os materiais possíveis por via remota, para que preparem uma futura retoma. No superior como no acesso ao ensino superior, há um semestre que se perdeu!!!!!!!!!!! PONTO FINAL: Esse semestre deveria ser creditado se já pago e reorganizados os anos escolares para que se possam recuperar todos os conteúdos perdidos. Ou seja, se querem evitar que haja posteriormente rankings tipo cursos corona e cursos não corona … será bom acautelar que os alunos não acedam à universidade de forma administrativa. Aviso já: Nunca vão aguentar as disciplinas de cálculo, por exemplo , para falar apenas do que sei. Ou abastarda-se tudo e haverá então cursos corona e não corona, como aconteceu com os cursos PREC e não PREC, se sabem o que quero dizer, se não sabem vão ver o que foi o PREC e o que aconteceu a alguns semestres, às notas, às aulas.. etc..

 





Va pensiero

6 04 2020





Domingo, Volta à Flandres virtual !

4 04 2020

Não é tão virtual assim para os corredores ….às 15:30 no sporza.be vão correr ou seja pedalar sobre o rolo 13 profissionais (cada um na sua garagem 🙂 ) e será emitida a corrida ou seja, os últimos 35 minutos . Não vai ser só pedalar vão ter os mesmos graus de dificuldade do traçado dos últimos 35 km da corrida. Não sei se o eurosport transmitirá 🙂

https://sporza.be/nl/2020/04/01/13-profrenners-rijden-ronde-van-vlaanderen-zondag-op-rollen-live-op-sporza~1585738300116/

 





De o melhor da Europa para o pior?

4 04 2020

Será isso que quer Costa ao estar a considerar abrir o ensino secundário no pico da pandemia em Portugal? Isso acrescentado ao facto de continuar a DGS a insistir no não uso generalizado de máscaras só pode gerar o que mais temíamos: o crash do SNS e os mortos às centenas por dia. Para quê este esforço que fizemos? E isto por parte do governo que queria acabar com os exames nacionais?????????????

Professor Marcelo, acalme os portugueses falando-lhes grosso: esqueçam este ano letivo. Declare o estado de calamidade. Declare o recolher obrigatório, o estado de guerra se necessário!!!!!!!!!!!!!!

Mário Nogueira sabe que não vai dar aulas , por isso não corre risco nenhum com a medida. Ao menos convoque greve, as pessoas não recebem , mas pelo menos podem não ir trabalhar sem sofrer um auto de abandono do lugar. Pelo menos protege os que têm os testículos ou os ovários nos devidos sítios e não tencionam obedecer à ordem de ir ser infetado e/ou infetar gente, não é essa a função de um professor. Quanto à devida colocação dos ditos órgãos sabemos que há muita gente que os não tem no devido sítio e muitos associam isso a uma coluna vertebral gelatinosa. Eu conheço a classe!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Por que julgam que me reformei??????????? Por ver isso mesmo , tudo a vergar por causa a avaliação do desempenho docente. Tenham vergonha uma vez na vida e sejam mulheres e homens de corpo inteiro!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Isto tudo faz-me muito mais mal do que o medo do covid19 que assumo que tenho (o medo, o covid não sei…). Mas ter medo é uma coisa normal, é defesa do organismo, ter caráter pode ser compatível com ter medo (do covid 19, entende-se bem, já da ADD eu não compreendo mesmo, só me mete nojo).  A classe funciona como todos os outros humanos e nalgumas situações vemos uma quantidade de gentinha sem coluna muito maior ( quantidade de gente , claro) do que seria de esperar numa classe que também tem a responsabilidade de educar eticamente. Ou não?

Então os alunos do básico podem ver televisão e aprender na TV  e os  do secundário, mais crescidinhos e que querem até ir para a Universidade não podem aprender pela televisão ? Porquê?????????????????? Não têm televisão? Não têm internet ? E querem ir para a universidade? E entrar sem estudar?  Não , os nossos jovens às vezes revelam-se mais verticais que os professores. Eu confio neles. Espero que não apareçam nas escolas!!!!!!!!!!!!!!!!





Apetece entrar na polémica do ensino em e-learning? Nem por isso…

3 04 2020

A polémica levantada pelo ensino à distância ou e-learning tem sido interessante de ir acompanhando nas redes sociais. Decidi nunca comentar nadinha, depois de ter sido presenteada pelo tradicional ” se está reformada, goze a reforma e não fale do que não sabe”. Foi no grupo “professores contratados ” , mas poderia ter sido em outro qualquer grupo do Facebook. Não tenho WhatsApp , instagram nem instalei no telemóvel , criei conta só para ver como era. Por isso quando falam em redes sociais a minha experiência é só do face, onde muitas pessoas adoram tratar mal quem nunca viram na vida nem conhecem de lado nenhum.

Não vou fazer nenhum artigo sobre o assunto , pois a plataforma de ensino “remoto e digital”que conheço e utilizei é apenas o moodle, desconheço se houve problemas com a privacidade , proteção de dados ou de direitos de autor. Não resisto no entanto em avançar com algumas reflexões que vou apresentar em forma de linhas gerais.

  1. Há professores a dizer que não têm televisão e perderam o sinal de net… calculo que tenham perdido mais do que estas coisas, pois não estamos na época dos fogos em que nos tiram água , luz, sinal de tv, telefone fixo e internet durante semanas… Bem , isso até pode acontecer quando e se os trabalhadores desses setores adoecerem em massa (salvo seja)…. mas ainda não estamos aí felizmente.
  2.  Alguns só agora vêm dizer que há muitos alunos info-excluídos…. não será um pouco tarde?
  3.  Os professores ditos efetivos , ou seja, com contrato sem termo, têm o salário garantido…, mas quem nos garante que para os contratados a termo o governo não venha também a aproveitar o lay off facilitado? Não vai fazer isso, e no fundo , há privilégios apesar de tudo, pelo facto de se trabalhar para o Estado. Certo?
  4. Não seria conveniente face às reflexões anteriores, colaborarem com o ensino à distância naquilo que aos profs compete e deixar o ME resolver os problemas que vão chover sobre as direções das escolas , por causa da privacidade, por causa de desigualdade, pois há muitos pais que não têm dinheiro para comprar o computador ao crianço (embora já lhe tenham oferecido um smart phone que faz o mesmo que um computador , mas isso eles não sabem , nem os crianços lhes vão dizer) nem para pagar a internet… etc , etc, etc….

Vão achar que este post é de ataque aos profs, conheço bem o leitor médio que lê em diagonal e passa ao modo de ataque como qualquer felino quando vê mexer umas ervinhas … “pode ser rato ou lagartixa… vou atacar e é já!” (pensa o gato). Não , este post é apenas um alerta para o que se adivinha vir aí… e mais nem digo pois não vale a pena. O leitor entretanto já fez o seu juízo sobre a minha pessoa , mandou-me a um qualquer lugar que me está interdito pela quarentena  ou à sanita (que posso visitar),  ou desejou-me muita saúde à boleia do balão com ventosas chamado corona vírus ou me disse que anda a pagar a minha reforma ou  simplesmente já foi ler outro blogue qualquer ou foi analisar atentamente o último fake fact que aparece todos os dias no feed escolhido… no computador que não tem, na televisão que não tem sinal ou no telemóvel que já não tem pois, depois de o usar o deitou na sanita em vez do papel higiénico (isto  pode acontecer quando se tenta fazer duas coisas ao mesmo tempo, muito cuidado pois limpar o dito cujo com o telemóvel contaminado pode ser perigoso).

Atualização: quando escrevi isto, não sabia que Costa está a pensar abrir o secundário em 4 de Maio ou 9 , no pico da pandemia no nosso país, parece que adivinhei…. o mais importante afinal são os exames , um governo que queria acabar com eles . SÃO OS EXAMES OU A AVALIAÇAO DO DESEMPENHO DOCENTE?????????????? Tenham vergonha na cara gentinha que anda nas escolinha só para ver se passa à frente dos colegas na progressão da carreira. Metem-me tanto nojo!!!!!!!!!!





Obrigada a todos os que andam a assegurar a nossa saúde, segurança e subsistência!

31 03 2020

Os profissionais de saúde todos incluindo auxiliares , voluntários e farmacêuticos, os que asseguram o transporte de mercadorias essenciais , os que as fabricam , os que as distribuem e  entregam, os jornalistas, os agentes da polícia e GNR, os que asseguram o funcionamento de instituições que não podem parar, todos os cuidadores dos lares, os cuidadores em casa e todos os que respeitam com rigor as regras da emergência de saúde pública.

 

São aplausos de chamadas ao palco e para “encores”! Precisaremos de muitos “encores”. Bem hajam!





Rio acometido de lirismo e o mercado de trabalho

30 03 2020

Quanto à proposta de Rui Rio, concordo, precisamos de um governo de  salvação nacional embora não aprecie o nome todos entendem para que serviria. Mas não vai acontecer. Eu também acho que temos de ter consensos na gestão desta crise monumental.

Quanto ao mercado de trabalho: a facilitação do lay off deveria ter sido acompanhada da facilitação do recrutamento temporário que poderia empregar muito pessoal saudável de idades de risco menor. Claro que a nossa esquerda alegre nem quer ouvir falar disso, mas como calculam, as grandes superfícies poderiam empregar muita gente nas entregas, mas não podem prometer um contrato  anual renovável. No entanto , um bom profissional é logo detetado e muitos ficarão mesmo nas empresas que os viram trabalhar bem. As vendas on line estão agora num pico insustentável. Acho que pode acontecer que , passado isto tudo , muita gente opte pela compra on line no futuro. Gera desemprego nas caixas? Claro , mas é compensado por empregos na administração, empacotamento , transporte.

Relembro um facto interessante que a ser facto mesmo e não fake, é exemplar. Boris pediu aos ingleses 250 mil voluntários e apareceram 450 mil. Óbvio que a esquerda alegre (bloco) e triste (PCP) não vão concordar com isto dos voluntários. Eu sugiro que o tempo trabalhado de graça conte para efeitos de reforma. Não é pedir muito e talvez calasse esses que se acham de esquerda que vivem numa nuvem ideológica e não há meio de os fazer aterrar.