Ouvi bem? A IL quer acabar com o concurso nacional de professores?

21 01 2022

O concurso pode ser mau em muitos aspetos , mas não por ser nacional. Ele quer que seja a escola a escolher?????? Querem acabar com o resto de transparência no recrutamento de professores? A nota de curso e o tempo de serviço são publicados e todos podem consultar , ou seja, se houver fraude, pode saber-se. Posso concordar com reconduções por três anos , mas o concurso deve ser nacional e com critérios objetivos e transparentes. Pode ser? O que mais nos faltava agora era clientelizar o recrutamento de profs…. Era mesmo a machadada final na educação deste país.





O clima obriga a acordos estruturais, mas eles preferem caçar votos imediatos (post atualizado às 14h 43min)

18 01 2022

Só o PAN e o Livre estão conscientes disto, infelizmente. O acordo para a transição para uma economia verde, carbonicamente neutra, implica alteração de modelo de produção e de consumo , o que só pode ser feito com um acordo muito alargado que ultrapassa, de facto, a tradicional dicotomia esquerda/direita. Estive a ver a primeira parte do debate. Pena não estarem todos a debater isto. Rio sabe de Economia, mas está a fazer o erro de Pedro Passos Coelho, complexidade no discurso, vai levar parte da classe média é certo, mas aquela que está desafogada, perde votos para os populistas do Chega e CDS e também os perde à esquerda para o PS que é bom em propaganda com populismo q. b. também.

A Iniciativa Liberal esteve bem, já há muito que venho acompanhando o discurso de Figueiredo no Parlamento, alguns só agora o descobriram. Esteve muito bem quando relembrou que foi o PS que chamou a Troika ( e chamou bem , pois o país estava sem quem emprestasse para pagar salários aos funcionários e pensões, digo eu). Relembro eu, era essa a situação e Passos herdou isso, foi lá posto por muitos votos improváveis, gente que não suportava mais Sócrates. Muitos que então apelaram ao voto útil no PSD , depois tiraram-lhe o tapete e é hoje talvez o político mais odiado em Portugal. Espalhar o ódio ou silenciar uma defesa é inadmissível por parte de quem o apoiou e sabe de História com maiúscula e apelou ao voto no PSD (para os outros votarem, possivelmente , no segredo da câmara de voto, votou Bloco ou MRPP ou CDU). Costa sabe que o que aí vem não é bom, reitero o que disse , ele não diz o que vai fazer, pois quer poder sair…. pelos fundos da cozinha… deve estar a sentir-se sequestrado como o outro do século passado….. Salvo seja, pois o que lhe sucede até assusta, O Pedrinho Santos parece um menino mimado a quem o mundo todo deve sempre qualquer coisa, não sabe negociar, Nossa Senhora nos livre disso.

Realço a presença de apenas 2 mulheres, situação que apenas Inês Real realçou várias vezes nos vários debates. Há comentadores, quase todos homens (alguns dizem-se feministas e eu farto-me de rir:…) que se acham no direito de tentar ridicularizar as duas, mas sobretudo a Inês, têm-lhe uma raiva de morte por o povo , na sua maioria, ter concordado com a viabilização do orçamento, dando razão ao PAN e não ao BE e CDU….

Só vi a primeira parte do debate, tenho mais que fazer, vou ver a segunda numa pausa qualquer, pois sou daqueles que apesar de aposentados ,lhes falta o tempo para fazer o que querem fazer, projetos não faltam mesmo e gosto de concretizar alguns neste tempo que me resta. Gostava de ter a calma e a idade da Inês , inscrevia-me no PAN e militava , mas as minhas características não me permitem atentar contra a minha saúde. Vou às assembleias da ZIF e está bem assim, pois é lá que está o povo real , aquele que plantou eucaliptos por se ver obrigado a isso, pelas várias políticas do PSD e PS, carregando em cima das pessoas com as limpezas compulsivas…. e que precisa de alternativas , não basta o bla, bla , bla…..mais teria a dizer, fico por aqui quanto às ZIF. As causas do PAN são muito importantes, mas estão bem entregues a um partido jovem , pena ser apenas “urbano” embora eu ache que o país todo se considera urbano…, tal como se considera classe média……mas isso é outra coisa, é verdade que elegerá deputados nas grandes metrópoles, Lisboa e Setúbal, e espero eu, Porto. O debate inter-geracional é necessário também. Muitos da minha idade estão grudados aos tachos, só saem por decreto… os tais que não sabem o que fazer depois, mas deviam ter em consideração os jovens que estão à espera , fora da carreira, foi aliás um dos motivos que me levou a sair precocemente, não por altruismo, mas por sentir que me levavam (o PS e a sua política educativa) a ser uma entertainer muito cara ao Estado, ora não sou nem nunca fui entertainer, sou professora, por isso, dei o meu lugar aos que me vieram substituir, os jovens são melhores no entertainment, é natural e não são pagos para muito mais , diga-se de passagem, … não sei se abriu vaga, espero que tenha aberto e outros colegas tenham aproveitado, é mesmo o que desejo, pois não me arrependo de nada, só acho que me não devem comer pela inflação uma pensão que representa metade do que eu ganhava no ativo (relembro , foram 33 anos de contribuições). Repito este tema, sei muito bem , mas ainda não tenho o Alz , tanto quanto sei, repiso este tema pois saí demasiado cedo , 55 anos, e isso deixa marcas. Sei dos limites do financiamento da Segurança Social, por isso não posso acompanhar os que defendem o “opting out” ainda que parcial. Nada disso resulta no nosso país. Defendo um modelo misto no Sistema Nacional de Saúde, escrevi uma tese de mestrado sobre isso, já no século passado, mas que pode ser útil para percebermos como os Países Baixos , com a reforma Simons dos anos noventa começou a delapidar um dos melhores SNS do mundo (misto) sistema que, recentemente, quase rebentou pelas costuras com a pandemia, mandando doentes para o colosso alemão…. Esta defesa do sistema misto , explica os tais 66% no resultado do meu votómetro publicado no post anterior terem ido parar ao PSD. Sistema misto sim, para aproveitar toda a capacidade instalada e fazer as companhias de seguros participar no esforço coletivo…. que deveria sempre incluir também o setor público, não vejo nenhuma companhia a pagar as despesas quando o seu cliente prefere ir ao SNS público…. Muito mais teria a dizer , mas não quero cansar o leitor. A outra explicação para os 66% é simples: sou federalista, pois acho que não deve haver paraísos fiscais pelo menos na área da moeda única todos deveriam ter o mesmo sistema fiscal…. hehe sei que muitos têm horror a isso., não faço questão… note-se que esta aversão a algumas fronteiras me colocou bem longe do Chega do BE e da CDU no votómetro.

Actualização: Na segunda parte, falou-se do SNS… pois nem vale pena dizer nada pois cada qual tem a cassete já tão assimilada que já nem chip é, mas uma espécie de reflexo condicionado,no entanto, tenho de dizer o seguinte:

O Costa tentou , mas não conseguiu, apresentar os Países Baixos como mau exemplo de “performance ” na pandemia de um sistema misto. Pois , tiveram péssima performance considerando que são um país rico. Mas o mau desempenho nada tem a ver com o facto de serem um sistema misto, é resultado das sucessivas reduções de camas , de meios complementares de diagnóstico e de tudo o mais em que pudessem reduzir, desde os anos noventa do século passado. Relembro que o sistema misto Holandês se explica historicamente e o setor privado era, nos anos oitenta e noventa, totalmente composto por instituições sem fins lucrativos “Stichtingen” , ou seja, fundações que faturam e reinvestem tudo, não há dividendos. Era assim nos anos noventa quando fiz a tese de mestrado. Agora sei que nestas décadas fizeram reduções e mais reduções….o sistema de financiamento é agora de alguma forma único (nos anos noventa ainda tinhamos a pergunta quando da inscrição em qualquer hospital público ou privado: “Ziekenfonds of particulier?” ambos sem qualquer teto, o Estado pagava a diferença uma vez ultrapassado o nível dos riscos pesados, como a idade que torna a doença uma certeza, logo insegurável) e a liberdade de escolha ainda existe tanto quanto sei. As nossas companhias de seguros levam a nata e deixam a águinha desnatada para o SNS. Na Holanda os seguros privados pagam aos hospitais públicos, o doente é que escolhe. Ninguém falou disto no debate , só o contrário, sempre o Estado pagar ao privado…. é típico . O Cotrim deveria informar-se. O setor privado dos Países Baixos é muito diferente do nosso setor privado na saúde. Pode alguma coisa ter mudado e já haver Saúde, S.A. na Holanda, mas não era assim quando o sistema era dos melhores do mundo (o melhor era e é o do Canadá, público, mas controladinho pelos cidadãos a nível local).

Tenho dito. Podemos votar já neste Domingo? Por mim despachavamos isto já.

Não resisto a uma piada a modos que óbvia: para os putos do CDS e do Chega, o mundo rural compõe-se de três tipos de pessoas: caçadores, toureiros e pescadores desportivos…





Em cheio!

17 01 2022

No votómetro do Observador. Os que acham que sou de direita.. enfim, alguns desses têm mais de direita do que eu. 66% de PSD? Eu? Com os eucaliptos a aumentar de área? Nem que o Rio se pintasse todo de verde eu votaria espero que o PAN não vá na conversa fiada….





Há clássico hoje à noite?

13 01 2022

Mais parece. Todos os canais portugueses falam do mesmo como se o debate dos cabeças de lista PS/PSD fosse um jogo de futebol. Vou ver , mas em diferido, nem pensem que me apanham em prime-time a ver aqueles dois a fingir que são muito diferentes…. Seria bom que clarificassem bem os seus programas. Neste país infelizmente ninguém se importa nada com o nome do último deputado em posição elegível, para quê , se depois votará sempre tudo como o chefe manda, sobretudo no PS?





A Inês Sousa Real anda a incomodar alguns

12 01 2022

Nota-se que anda a incomodar o BLOCO de esquerda-caviar e não só, tem inimigos nas celuloses, nas empresas agro-industriais, nas empresas de agro-pecuária industrial, pois ela fala claramente , sabe que está a atacar lucros de milhões, quem a vê responder nos debates , pode verificar que, com ela à frente, o PAN não vai ser um partidinho “bizarrito” apenas animalista. O PAN é o principal responsável por colocar na Assembleia a República o problema do clima na ordem do dia e o único a exigir ação concreta. Todos os outros desprezam o problema como se ele não existisse, falam “bla bla bla” como disse bem a Greta Thunberg, mas mais nada. É neste momento o partido ambientalista mais consequente. O PAN é o único a falar claramente da eucaliptização do país como algo a combater, insiste no ordenamento florestal. Os outros o que fazem? VISTA GROSSA!

Tem inimigos improváveis, ou melhor , até que são previsíveis pois há muitos que não conseguem colocar-se fora dos seus cantinhos que fazem parecer aos outros que são cantinhos de esquerda lúcida não dependente de nenhum partido, mas depois votam … ninguém sabe em quê, sabemos alguns partidos em quem não vão votar e já é qualquer coisinha que fazem o favor de partilhar com os demais mortais que não têm o QI de 280 que esses tais acham que têm…. Um apoio explícito calculo que seja impossível, mas o respeitinho era de esperar por parte de bloggers de referência nalguns setores e mais não digo. Respondi no tal cantinho , mas não me vou envolver em polémica nem nomear aqui, pois não dou borlas de clicks…..

Para terminar quero deixar claro e repetir que acho que a questão das “estufas” para mim a fez subir em consideração, acho que não devia deixar de ser sócia, desde que a AR saiba. Tem o direito de investir e fez saber tudo a esse respeito. Na transição climática vai ser necessário mudar muita coisa na agro-pecuária e as pessoas que dela vivem precisam de produções alternativas. O mirtilo é uma delas. Precisam de quem tenha experiência no terreno e não de românticos de esquerda da agricultura biológica que de agricultura sabem que uma quinta deve ter uma piscina, cavalos e uma horta biológica , todos pagos pelo turismo ou pelos bons ordenados e/ou pensões que os proprietários têm num setor qualquer privado que não o agrícola ou no Estado …… O turismo pode ser alternativa sim, mas neste caso é agro-turismo e para isso há que saber qualquer coisita do agro….

Ver vídeo da apresentação do programa.





Debates entre cabeças de lista

9 01 2022

Acho que deveria haver uma comissão qualquer que nos fizesse o favor de nos informar de quando são, ou pelo menos quando foram, em que dias e a que horas, nos últimos 7 dias que é o tempo que a box guarda os programas. Desisti de procurar. Como eu deve haver mais ou talvez não, pois a maioria não vai perder tempo com esses debates que em pouco contribuem para o esclarecimento. Como já decidi, não tem importância , era só por curiosidade em saber a estratégia usada por cada qual. É que eu acho que o Costa quer-se pirar, mas isso sou eu que tenho um feeling que não se irá concretizar nem nunca poderei provar….





Dia de Reis, 2022

7 01 2022

Este é último dia da época natalícia, apesar de o Worpress estar pela hora da Europa Central, aqui ainda é 6 de Janeiro. Amanhã começo a desmontar, mas hoje coloquei os reis apeados como é tradição.

O novo gatinho, fechando o seu primeiro Natal




Vou votar PAN

6 01 2022

Ainda não perdi a esperança de entrar um deputado por Coimbra. Mesmo que não seja eleito, não me interessa. O clima e ações concretas para redução de emissões estão ausentes no discurso dos candidatos. Só o PAN insiste. Os outros falam disso , mas nada de atacar interesses instalados. O Bloco mostra ser o que é: visão curta, populismo q.b. . A Catarina Martins ainda vem relembrar a lei Mortágua? Grande lata, eu lembro-me muito bem de como começou esse projeto e como queria atacar todos quantos tivessem património num discurso de ódio e inveja contra quem optou por viajar menos e investir em casa própria ou aluguer . Ela queria começar a taxar muito menos do que um milhão em património. Esta gente não me oferece a mínima confiança. Aumentar salário mínimo sem a economia crescer é criar inflação e o que na prática o PS está a fazer é obrigar os contribuintes a sustentar as empresas que não conseguem pagar o salário dito mínimo mais as despesas de segurança social associadas. Não confio em ninguém quanto à atualização de pensões, só dizem que não vão cortar… pois, quer dizer que se pensou nisso…

Quero o PAN a defender o que tem defendido e a atacar no parlamento os interesses instalados, sim. Pois o bloco vai a reboque das migalhas do PS . Vi o debate Catarina e Rio e acho que aí Rio marcou pontos. Para mim não vai haver voto útil em ninguém. Quero lá saber do palhacito Ventura, alguém em seu juízo vai atrás dele? Muitos votarão pois ele é irreverente e diz o que algum tipo de pessoas dizem nos cafés e tabernas…., mas o mesmo faz o bloco, na ponta oposta do café ou nos casinos…. calculo que tabernas são pouco chiques para o bloco. Quanto às empresas de que foi sócia Inês Sousa Real, acho que os ataques foram mesmo concertados, ela esteve muito bem na entrevista, embora tivesse sido interrompida muitas vezes. Acho mesmo que os interesses instalados na pecuária não lhe perdoam o facto de poder falar de agricultura por experiência própria ao contrário de muitos da esquerda caviar que gostam de ir passar fins de semana ao monte alentejano e de falar de agricultura biológica quando a sua fonte principal de rendimento é um tacho no Estado ou no privado… Ela esclareceu que deixou de ser sócia antes dos ataques. Devia ter explicado porquê. Disse em outra altura que foi por não ter tempo, eu não vejo mal nenhum sobretudo se ela declarou a situação ao Parlamento. Acontece que Inês Sousa Real é deputada e não considero isso um tacho, isso dirá o Ventura dos outros deputados , só ele está em serviço do bem comum….. A agricultura pode sobreviver sem a monoprodução pecuária, há excesso de vacas em toda a Europa, podemos viver com menos carne e reflorestar o que foi destruído pela pecuária e excesso de agricultura industrial. Não vou dizer mais sobre isto, informem-se. A PAC tem sido uma forma de manter a UE… está na altura de repensar a PAC e, já agora,a UE, digo eu.





Infarmed: já nem o PM liga muito

5 01 2022

Estando já o primeiro especialista a fazer a sua apresentação, acho que Costa não tem educação completa… parecia um daqueles putos que têm a mania que são regilas e contava animadamente não sei o quê ao Presidente que achou piada e até recontou ao Ferro Rodrigues…. enfim.

Assisti a toda a sessão e aprendi mais alguma coisinha sobre o omicron, gostei sobretudo do especialista que explicou a experiência em hamsters… estou a falar a sério, os pobres dos hamsters infetados com o delta tiveram mais problemas e morreram muitos, parece… muito mais dos que foram infetados com o omicron. Calculo que nenhum pobre hamster foi vacinado. São boas notícias , significa que ao efeito inegável de proteção da vacina se acrescenta o facto de o omicron ser menos agressivo e ter mais dificuldades em se colar às células pulmonares, embora as vias superiores sejam agora o sítio privilegiado onde estão os coisinhos e vai daí ele é mais contagioso, mas há quem ache que da máscara nada sai nem nada entra e mesmo sem máscara há quem ache que pode estar com os amigos de outras bolhas a comer…. com afastamento de meio metro se tanto.

Pronto não digo mais nada, isto faz-me dores de cabeça e depois fico a pensar que tenho o coiso….





Elfstedentocht: baixas

4 01 2022

Casos mortais durante o percurso, desde que há memória , só um caso, em 1997 , Gert Jan Albrecht, um médico cirurgião oral , experiente no gelo e em boa forma física (à exceção do coração está bem de ver) morre no gelo de ataque cardíaco aos 57 anos .

Muitas pessoas têm de desistir, por estarem com os olhos a congelar e outros casos parecidos, feridas e hipotermia. Lembro-me de chegarem à meta durante a noite, com as barbas, sobrancelhas , narizes congelados ou perto disso e com aspeto de que a seguir iam morrer de cansaço… Sei de casos fatais fora do gelo, uns dias depois, sobretudo casos de feridas gravemente infetadas, pois muitos são agricultores, não ligam às feridas e vão trabalhar com o gado contaminando de forma muito séria as feridas ….