O cisne

29 10 2012
Anúncios




Obama weekly address

27 10 2012




Pescadinha de rabo na boca

25 10 2012

Imagem roubada no blog Crónicas do Rochedo

Esta imagem ilustra bem os comentários de Agnelo e Emília no post de Guinote “Que Portugueses?”

Os funcionários durante o seu trabalho ainda gastam mais impostos, em luz e outras despesas correntes, como comunicações com os encarregados de educação ( as canetas, livros e computadores são comprados pelos funcionários com os tais impostos). E o espaço ocupado por salas de que se fossem transformadas em apartamentos seriam produtivas pois podiam vender-se? Fora do trabalho , fartam-se de gastar impostos, pagam a sua formação (agora que são avaliados, o MEC não tem que gastar dinheiro em formação, os profs pagam a privados cursos bons, médios , medíocres e maus, mas não interessa , os créditos é que contam). E depois atrevem-se a gastar os impostos que receberam em comida para a família, educação para os filhos(muitas vezes em colégios privados) . Escandalosamente gastam também esse dinheiro que recebem na renda ou prestação da casa e nos transportes deles e dos filhos e até viajam de férias… e têm a mania de vestir-se razoavelmente quando vão para a repartição, para o hospital, para o tribunal ou para as aulas.. Todo esse dinheiro dos impostos vai para onde? Para os privados que vendem todos os produtos e serviços PRIVADOS que os funcionários têm o desplante de comprar…. Assim, muitos trabalhadores do privado (que não estão no sector exportador)vão mantendo o seu emprego, considerando que os funcionários do Estado serão mais de meio milhão  vão mantendo a segurança do emprego de muita gente do privado…

Portanto privatize-se tudo, como dizia o outro, e vamos todos trabalhar no sector exportador… O que se passa na casa de quem nos compra os produtos, não temos nada com isso, se têm muito ou pouco Estado, não nos interessa nada,  eles que nos comprem tudo o que produzimos e assim nós podemos comprar-lhes tudo o que precisamos, incluindo a educação, a saúde , a justiça, a defesa, etc

Ou não?





Porreirinho, pá…

25 10 2012
Roubado no blog Odivelas-Um Rumo




Mishka e Laika

25 10 2012


E o outro de que não sei nome 🙂





Mais um outono, mais cogumelos, mais cuidado!!!

21 10 2012

Tem chuvido por isso crescem de um dia para o outro. E aqui no blog vêm internautas à procura de cogumelos comestíveis. Já postei sobre este assunto . Há uma frase que todos conhecem , calculo: “todos os cogumelos são comestíveis, mas alguns só uma vez”.

E assim é.  Muito cuidado! Uma vez mais: não toquem em cogumelos cremes ou esbranquiçados de lamelas brancas: são por certo os fatais amanitas phalloides. De nada serve juntar alho ou o que quer que seja, nada resulta, este cogumelo já desfez o fígado quando os sintomas surgem, a única solução é o transplante se houver um fígado disponível.





Democracia islandesa e recuperação

20 10 2012

«Islândia vota nova Constituição

Sandra Sá Couto/Rui César Martins 20 Out, 2012, 10:23 / atualizado em 20 Out, 2012, 11:37

Os islandeses votam, hoje, em referendo, a nova Constituição do país, um documento baseado na vontade do povo. A Islândia, apesar de não pertencer à União Europeia, foi o primeiro país a pedir ajuda externa ao FMI na sequência da crise financeira de 2008. Confrontados com a falência dos três maiores bancos do país, os islandeses recusaram-se a pagar os depósitos dos credores ingleses e holandeses. Quatro anos depois do colapso financeiro, a Islândia é, hoje, um país em crescimento.»

A Islândia tem 320 mil habitantes e esta será, na minha opinião , uma diferença colossal em relação a países como Portugal , Grécia, Irlanda, sendo completamente descabido comparar com Espanha. Outra diferença básica é que não faz parte da zona euro.

Outro artigo sobre a recuperação da Islândia: