Desilusão ou despertar?

29 06 2010


Pelo menos quatro milhões de “misters” tão ocupados a discutir tácticas de futebol que ainda nem olharam para o recibo do salário, onde se registou uma descida nominal e é a primeira vez que isso acontece em trinta e muitos anos, se a memória me não falha. Pode ser que daqui a uns dias , quando acabarem de fazer a análise científica da derrota com o país “hermano”, comecem a pensar em coisas sérias. E ainda falta ver o que acontece à declaração de IRS de 2011 relativa aos rendimentos de 2010. Cheira-me a que haverá poucos reembolsos ao contribuinte e mais pagamentos a fazer ao Estado referentes ao primeiro semestre. Também isto é a primeira vez. É de facto assim, quem faz o primeiro golo tem probabilidades maiores de ganhar o jogo. Preparemo-nos para mais goleadas do Estado, em ataque cerrado à nossa carteira e até às nossas poupanças através da devassa da conta bancária. E isto por parte do partido que votou contra a investigação da legitimidade do enriquecimento por via dos sinais exteriores de riqueza.

Anúncios




Proposta de mascote para a selecção

21 06 2010





Heart Sutra (dedicatória a Saramago)

19 06 2010

Uma homenagem musical a Saramago. Sutra budista. Budismo , uma religião que não se opõe às outras.
Assim o nosso Nobel encontre a clarividência na transição que agora está fazendo.





Mozart ” Eine kleine Nachtmusik” Allegro

16 06 2010


Uma forma simples de festejar a chegada da carta de alforria da CGA. No Diário da República sairá por volta do dia 6 de Julho. O meu “4 de Julho” foi já hoje. Cálculos do valor da pensão reportados à data de Fevereiro, por causa ou apesar do 238/2009. Despacho a 2 de Junho, por isso nada a refilar, já que só em 1 de julho terei 55,5 anos. Por isso, 8 anitos de penalização (ou seja 36%).
Fica o alerta, mandar o pedido de reforma antes dos requisitos obriga a escolher uma data que não pode exceder os 3 meses depois do pedido (não encontrei tal limite em lei nenhuma, mas assim foi informado telefonicamente) e corre-se o risco de se não beneficiar dos meses decorridos até ao despacho. Talvez a fórmula de cálculo actual obrigue a que se contem os meses todos até ao despacho, não sei nem quero saber. Não estou já interessada em alertar os sindicatos. Já o tentei fazer, mas não me atenderam por não ser sindicalizada, como já aqui referi em post anterior. Mas que tudo isto é kafkiano, continuo a achar. Só que não me vou incomodar, quem estiver nessa situação e for sindicalizado, informe-se junto do seu sindicato. Eu “cansei”, como se diz no Brasil. Já joguei e apanhei com a “grande penalidade”. Deixem-me preparar devidamente e, já agora, gozar a nova temporada.





Branqueamento ou nem tanto?

16 06 2010


Estou mortinha por saber quem vai fazer o quê na votação final do relatório da Comissão de Ética.





90% de chumbos no exame de acesso ao estágio da Ordem dos advogados?

16 06 2010

Público:

«Prova realizada em Março

Noventa por cento de candidatos a advogados chumbados no exame

16.06.2010 – 20:58 Por Paula Torres de Carvalho
Apenas uma minoria dos candidatos se vai assim poder juntar aos mais de cinco mil estagiários de advocacia já existentes em Portugal. Um número considerado excessivo por Marinho Pinto, de pessoas mal preparadas e condenadas ao desemprego. Contra o “facilitismo” da entrada na profissão, o bastonário decidiu criar um exame escrito de acesso à Ordem, à semelhança do que se realiza para o Centro de Estudos Judiciários, a escola de formação de magistrados.[…]

Segundo a advogada das jovens a “restrição do livre acesso à profissão” que o exame implica, viola o artigo 47 da Constituição relativo à Liberdade de Escolha de Profissão, entendimento a que o Tribunal Administrativo de Lisboa já deu razão. Marinho Pinto recorreu em defesa da qualidade do exercício da profissão no mercado de trabalho.

Raramente estou de acordo com Marinho Pinto, pessoa que não parece ser muito forte na coerência das suas denúncias, especialista em ilibar o PS e este governo de responsabilidades em quase todos os campos. No entanto, neste caso estou inclinada a concordar com ele,  uma profissão como a dos advogados deve ser exigente no recrutamento, pois não acredito que o estágio vá suprir as lacunas de um curso de Direito. 

As candidatas excluídas não deveriam antes processar as suas faculdades por não as terem preparado devidamente? De qualquer forma, seria interessante conhecer o enunciado das provas. E isto faz-me pensar no exame de acesso à profissão de professor. Para mim não é linear a sua rejeição mas tenho dúvidas sobre a capacidade ministerial para elaborar um exame adequado , quando a tutela não faz a mais pequena ideia de quais devem ser os conhecimentos básicos de um professor. O ME não é competente para seleccionar candidatos . Deve ser uma Ordem a fazê-lo. Mas “cruz canhoto, vade retro satanás” dirá a FENPROF à ideia de Ordem e por isso tão aguerridamente se opõe ao examezinho depois da licenciatura das ESEs e outras de qualidade duvidosa, para acesso à profissão de professor.

Que reacção das faculdades de Direito?





Ella Fitzgerald

15 06 2010

Nome completo Ella Jane Fitzgerald
Apelido Primeira Dama da Canção, Lady Ella
Data de nascimento 25 de março de 1917
Newsport News, Virgínia
País Estados Unidos
Data de morte 15 de junho de 1996 (79 anos)
Beverly Hills, Califórnia
Gêneros Swing, pop tradicional, jazz
Ocupação Cantora
Período em atividade 1934–1993
Página oficial www.EllaFitzgerald.com