Mais um gatinho

3 08 2019

Ou melhor, gatinha. Foi um prova de esforço ontem , dois humanos adultos a tentar resgatar (ou seja apanhar) um gato bébé de cerca de 2 meses e meio, três , não mais. Coisinha pequena, mas muitíssimo ágil e assustada. Lá se conseguiu ,depois de muitos arranhões nas silvas, de uma queda minha sem gravidade e de muita paciência quando ela se enfiou num buraco em que nem eu cabia. Tínhamos de o recolher antes da noite, pois há predadores para um gatinho desta idade. Hoje foi dia de a levar ao veterinário que disse que quase de certeza é gata. Já lhe arranjámos um nome, ontem era para ser Bernal, mas sendo gata já não dá. Ficou com outro nome inspirado numa estrela do ciclismo feminino. Ainda não consegui dar-lhe uma festa, estou a tentar que ao menos não bufe quando me aproximo da cómoda debaixo da qual se refugia.Tenho de me deitar para ir olhando para ela e ela para mim. Come, mas só quando não está ninguém no quarto. Não vai ser fácil. Assim que conseguir que ela saia tiro-lhe uma fotografia. Pretinha, como os outros.Magrinha. Obviamente abandonada depois da aleitação, por isso vou adotá-la. Como é possível simplesmente pôr o animalzinho na floresta e nem pensar mais nisso… é melhor do que afogar ou enterrar sem dúvida e há disso muito ainda, infelizmente. Nos próximos dias vai ser precisa muita paciência até conseguir pequenos sucessos. Um dia de cada vez. Tem de estar isolada dos outros dois gatos, por uns tempos.

Anúncios