Gatos e ratos

1 02 2017

Hoje vieram da Teka e levaram o frigorífico. Por trás do dito verifiquei que o rato que há tempos andava ao pé do microondas e depois nunca mais vi, pensando que se tinha mudado ou tinha sido comido pelo meu Froomy, afinal ainda não se tinha mudado, verifiquei pelas “caganitas” que eram muitas. O gato não conseguia caçá-lo pois o ratito vivia na parte de baixo de um armário de cozinha muito grande que tinha uma frente fixa . Chamei o carpinteiro que fez o armário, para tornar acessível essa zona , já que era o refúgio perfeito. O carpinteiro veio e já tenho uma tampa amovível, mas antes disso o Froomy conseguiu caçar o rato . Nunca mais o matava e , antes que fugisse uma vez mais , decidi matá-lo eu. Coloquei-o numa caixa de margarina com algodão embebido em éter e fechei. Como não sei a dose vou esperar até amanhã . Quatro horas depois, a caixa não foi roída e está tudo silencioso. Como embrulhei a caixa num saco e um cobertor para que o éter não desaparecesse, acho que o ratito só vai acordar no paraíso dos ratos. Mas vou deixar assim até amanhã. Não, não sou capaz de o esmagar. Se amanhã não estiver morto, terei de o fazer ….
É triste, mas tem de ser não posso admitir que os ratos se instalem na casa e soltá-lo não posso, o Froomy trá-lo de volta e pode perdê-lo outra vez. O gato tem de aprender a matar mais depressa! Hoje percebeu isso, espero eu, pois ficou sem rato!

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: