Pablo Alborán Con Carminho-Perdóname e os gostos musicais

25 09 2016

O que chamo um desarrincanço. Na música dita ligeira sou muito exigente à minha maneira. Podem achar que esta música não vale nada e provavelmente os nossos intelectuais acham isto uma m… Assim como acham uma m. o fado. Porque está ligado ao antigo regime… e é lamechas…e acaba aí a crítica. Quando Carlos do Carmo canta ou Paredes tocava a guitarra abrem uma excepção… adoro a coerência….. .Eu não estou nada ralada com não gostarem disto que até não é fado apesar da guitarra portuguesa. A maior parte do que acham bom ,na música pop, rock ou lá o que lhe chamam, e da qual não percebo nadinha, sinceramente, esforço-me por tentar perceber porque consideram boa música… juro que sim. Às vezes concordo. Boa voz, boa execução no baixo (é assim que se chama a guitarra eléctrica?), na bateria , tudo bem… Façam o mesmo (se conseguirem, o que duvido). Quanto à música clássica parece que vai estando na moda. É fino gostar de música clássica e dessa forma a esquerda  (e é fino ser de esquerda) vai divulgando no face e nos blogues, mesmo que não seja Lopes Graça. O que é bom para a música clássica.
Já ponho outra da Carminho de que gosto, essa vão adorar.


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: