Pablo Alborán Con Carminho-Perdóname e os gostos musicais

25 09 2016

O que chamo um desarrincanço. Na música dita ligeira sou muito exigente à minha maneira. Podem achar que esta música não vale nada e provavelmente os nossos intelectuais acham isto uma m… Assim como acham uma m. o fado. Porque está ligado ao antigo regime… e é lamechas…e acaba aí a crítica. Quando Carlos do Carmo canta ou Paredes tocava a guitarra abrem uma excepção… adoro a coerência….. .Eu não estou nada ralada com não gostarem disto que até não é fado apesar da guitarra portuguesa. A maior parte do que acham bom ,na música pop, rock ou lá o que lhe chamam, e da qual não percebo nadinha, sinceramente, esforço-me por tentar perceber porque consideram boa música… juro que sim. Às vezes concordo. Boa voz, boa execução no baixo (é assim que se chama a guitarra eléctrica?), na bateria , tudo bem… Façam o mesmo (se conseguirem, o que duvido). Quanto à música clássica parece que vai estando na moda. É fino gostar de música clássica e dessa forma a esquerda  (e é fino ser de esquerda) vai divulgando no face e nos blogues, mesmo que não seja Lopes Graça. O que é bom para a música clássica.
Já ponho outra da Carminho de que gosto, essa vão adorar.

Advertisements

Ações

Information

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: