Um texto que me fez bem

5 07 2016

Cheguei ao “Blogue do Besnos” porque o link estava nas minhas estatísticas. Portanto, pessoa que não receia mostrar de onde vem e quem é. Encontrei vários textos interessantes , mas seleccionei este , por me dizer mais. Destaco o último parágrafo, mas acho que é de ler todo o post, até porque o autor é também professor, embora no outro lado do Atlântico.
“(…) Esse deslocamento que sinto às vezes em relação à época em que vivo é muito real. Gostaria de não ser um número, uma matrícula; adoraria viver em um mundo com mais gentileza, mais autenticidade, mais solidariedade; adoraria ser respeitado pela história pessoal que construí ao longo dos anos, e não de ser tratado como alguém que só interessa quando e nas circunstâncias em que são consideradas convenientes por “a”, “b” ou “c”, sejam quem sejam. O mesmo estendo aos demais e de modo geral. Continuo detestando arrogâncias, burrices, desinteligências, games e estratégias. Mas, definitivamente, deveria me conformar a isso tudo. E aí, talvez o problema seja meu: não me conformo.”


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: