Um programa “polis” precisa-se

23 03 2016

Em Bruxelas, em Londres ,em Paris, em muitas cidades europeias  e , portanto, em Lisboa também. É que, como todos sabemos, as rendas baixas significam más condições de habitabilidade de onde resulta que os centros das cidades se venham degradando e tornando guetos que são extremamente convenientes para as atividades ilegais ou terrorismo.  Então , para melhorar as condições de vida de algumas pessoas , sobretudo minorias que tendem a concentrar-se em certos bairros ou ruas por origem étnica ou religiosa, um programa polis implicaria que os habitantes actuais seriam realojados em apartamentos mais novos e salubres , claro que não no centro, em sítios bonitos da banlieue, com boas ligações de transportes e muitos espaços verdes, mas sobretudo as etnias e religiões seriam misturadas aleatoriamente e colocadas sempre em lugares variados, onde haja muitos nativos de várias gerações, para que haja integração efetiva, a  bem de uma sociedade verdadeiramente multicultural.

Pois , isto é o que alguns vêm fazendo, sem dizer que o fazem, para evitar problemas com aqueles que estão sempre atentos a sinais de fascismo, mas não vêem esses sinais nos microcosmos (alguns já são tudo menos micro) das minorias sobretudo islâmicas.

Esta “polis” seria  uma forma de proteção dos moderados que assim se libertariam de toda a pressão social que devem sentir, para que se calem e não denunciem situações que são do seu conhecimento…. Estes meses todos  Abdeslam estava em Molenbeek e só a semana passada o caçaram, dá que pensar!


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: