Orçamento ou geringonço: vamos ver quanto tempo dura…

17 03 2016

Li algures que vão carregar com taxas as operações de multibanco. Piraram de vez! Que mais estará para vir? Este orçamento, segundo dizem por aí, foi aprovado pela “geringonça” eu digo que a gerigonça é o orçamento. Onde está a consistência do modelo da procura interna que não a vislumbro? Dizem que não vão alterar o IRS , hehe, pois ele assim está bem, entendo-vos ……. o escalão que vai de 20 mil a 40 mil ano paga a mesma percentagem, justíssimo não acham, quase 1/3 dos rendimentos? E o escalão a seguir, é tudo igual :todos pagam a percentagem igual à do Ronaldo. Pois, isto foi o governo de Passos, mas esse assumiu a austeridade e, claro, era de “direita”. Estes do novo geringonço vão dando as migalhas aos funcionários públicos ao mesmo tempo que contam com a reação dos outros trabalhadores. Ou seja , sabem que vai voltar ao mesmo , ao tempo de Sócrates, os funcionários sobretudo os profs vão tornar-se de novo os bodes espiatórios , que muitos consideram ainda privilegiados pois têm “bons salários” e “emprego para a vida” e a ADSE . E assim, quando for necessário livrarem-se de mais 10mil, está o terreno ou caldo socio-político preparado. Pois eu digo que, considerando as habilitações superiores da maioria dos trabalhadores do Estado nem bons salários nem emprego para a vida têm e a ADSE não cobre tudo e pagam-na bem : 3,5% .
Uma perguntinha à esquerda ou ao sindicalismo docente:
Considerando que não há dinheiro para tudo e esse é o busílis da questão, não teria sido melhor insistir nas 35 horas, na reforma mais cedo, reconhecendo a docência como profissão de maior desgaste mental ou psicológico e deixar a reposição dos cortes ser feita a ritmo mais lento? Ou não ser feita mesmo , a troco do descongelamento da carreira?

Anúncios