Poema sinfónico para uma orquestra estranha

18 10 2015

A metáfora é isso mesmo: o que cada qual entender. Pelo som não chego a nenhuma mensagem clara, mas a imagem essa é evidente: parecem todos dizer “não”. Mas “não” a quê? …

Vejam até ao fim pois há um mais persistente que todos os outros. Será o representante do PAN?


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: