Aqui no MEU blogue digo o que me apetece dentro dos limites da lei geral

23 02 2015

Ou seja,por exemplo, digo que não gosto do ministro das Finanças grego!!!!

Quem é ele? Algum Nobel da Economia? Descobriu a fórmula mágica? De onde vem , quantos artigos importantes escreveu? Quero saber. Fui ver ao wiki , currículo bem pobre até agora, mas quem sou eu… reles prof reformada apenas com mestrado embora dos antigos (1996, ou seja não bolonhês). Não avalio professores universitários, apenas acho estranho que só agora se faça ouvir, o que significa que a carreira académica ainda vai curtinha e saltitante. A carreira política está ainda muito verdinha. Na avaliação das intervenções políticas, santa paciência, aí sou competente , tanto quanto ele, e acho que começou MAL!

Vou deixar de comentar no blogue com mais audiência na área da educação, onde ultimamente só aparece uma extrema esquerda intelectual que cada vez mais me enerva, até porque nos temas em questão, como Economia , santa paciência, ainda vou sabendo mais do que muitos dos que se acham iluminados e opinam e estão apaixonados pelo Varoufákis. Deixei lá hoje o meu último comentário muito curtinho. Basta.

Aqui digo o que me apetece e quem enfiar o barrete que o enfie bem fundo!

Quanto às eleições aí temos problema, o PSD se quiser ter alguma expressão eleitoral respeitável, deve mudar o candidato a primeiro ministro. Passos está queimado, rodeou-se de garotos, salvo uma ou outra excepção. Costa não clarifica e eu não quero Sócrates ilibado , processo arquivado, ou outra coisa parecida . Em Portugal, embora na Constituição haja separação de poderes, todos sabemos como funcionam as coisas e tudo dependerá do novo Procurador Geral da República (e do Ministro da Justiça)… tenho receio, depois da visitinha a Évora eu já não confio em Costa. Por isso estou, neste momento, sem partido definido em quem votar. E não vou votar Syriza! Votem vós os que são ricos e caridosos , que calculo tenham já ajudado todos os sem abrigo de Portugal , e ainda têm de sobra para a solidariedade com o povo grego. Ou estão a contar com o dinheiro dos contribuintes portugueses para a solidariedade com os gregos? É que isso só pode ser feito depois da solidariedade com os portugueses em dificuldades devidamente resolvida, não acham????? E a dívida paga, claro. Ou acham que não? Que a nossa ministra das Finanças deve ir para o Eurogrupo defender o salário mínimo dos gregos de mais de 700 euros? BRINCAMOS???????????????????????????????


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: