Miró? Nunca mirei

5 02 2014

Nem sei que estava nas mãos do Estado ou da empresa mesclada  público privada. Quem viu? Quem apreciou? Na cabeça de algumas pessoas , as dívidas não se pagam, caso as nossas posses sejam obras de arte e as tenhamos exposto ao público…. Acho que se não se procedesse à venda seria um bom precedente, uma forma interessante de fugir às responsabilidades. Acho que vou comprar um dos Miró com dinheiro de um banco qualquer e depois mostro a pintura na praça Rodrigues Lobo , por exemplo, ou no Arquivo, sei lá, ou aqui em V.N de Poiares num sítio assim cedido getilmente… Depois não pago ao banco, eles devem respeitar a arte…


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: