Esclarecimento importante a respeito do meu nome (e ainda os fogos)

31 08 2013

Como já devem ter visto no about, este blog não é anómimo. Sendo assim, como me chamo Maria do Carmo Gomes da Silva, tenho de deixar claro que não estou de nenhuma forma relacionada com o Secretário de Estado das Florestas. Não sei se ele “distingue um chaparro de um eucalipto” como disse Jaime Soares ,Presidente da Liga dos Bombeiros Portgueses, a respeito de pessoas colocadas à frente do ministério da agricultura, mas pelo que tenho visto, não me parece perceber muito de florestas.
Acrescento que me relaciono familiarmente com as florestas, considero-as minhas irmãs, pois meu pai dedicou-lhes uma vida inteira. São minhas irmãs mas elas compreendem e darão a vida para poupar vidas humanas. Elas ardem ,mas os filhos delas renascem explosivamente depois de um fogo. Meu pai, falecido em 2005 possivelmente conheceria alguns dos ditos “responsáveis”.Assim sendo , e como também os referidos podem tê-lo conhecido,uma vez mais digo, com muito orgulho, que meu pai , Cecílio Gomes da Silva, era engenheiro florestal (antes designava-se por engenheiro silvicultor e o curso era Silvicultura) , sempre trabalhou nos então Serviços Florestais e muito sabia sobre floresta e fogos. Ele estaria , se fosse vivo, a escrever ou já teria escrito mais artigos sobre os erros de informação ao público que os media alimentam, e sobre outras questões mais técnicas a respeito do combate ao fogo ,ordenamento da floresta. Sobre a prevenção que não achava exigisse a “limpeza” que eles querem , isto é, a destruição do sub-bosque que faz parte da floresta enquanto ecossistema. Há outros meios – corta fogos por exemplo, plantação de espécies menos combustíveis do que o eucalipto e o pinheiro -mas estas soluções são, contudo, desinteressantes para quem quer fazer lucro rápido e chorudo, ou seja , as celuloses. Como sou formada em Economia,o que sei sobre este assunto vem dos artigos que escreveu e das conversas, pois era tema que muito o preocupava. Meu pai tinha alguns inimigos no sector das celuloses… Talvez por isso, ninguém o convidou para o lançamento do novo mapa de sensibilidade ao fogo feito em computador (calculo que actualizado, pois agora há ainda mais eucaliptos…) mas baseado nos indicadores utilizados por meu pai para a elaboração do primeiro mapa de sensibilidade ao fogo que realizou para os serviços florestais em 1981 com as técnicas antigas: à mão, com mapas em papel e com os seus conhecimentos do terreno. Os autores do novo mapa apenas o mencionaram no prefácio, mas convite não houve. Não que ele se tenha importado, pois não era o protagonismo que o movia, mas a mim pareceu-me muito mal. Não apenas a mim que sou sua filha e portanto, parcial, mas por exemplo ao Engenheiro Victor Louro que o conheceu e que, melhor que ninguém lhe pode fazer justiça, profissionalmente. O Engº Victor Louro escreveu algumas palavras importantes sobre meu pai, publicadas no blogue IN EXTENSO de Raimundo Narciso um artigo que muito me comoveu e que agradeço.


Ações

Information

2 responses

2 08 2014
Victor Louro

Maria do Carmo, só agora, em Agosto 2014, tomei conhecimento deste seu texto. Só quero dizer duas coisas: que lidei muito com seu pai, e tinha por ele, pela sua irreverência e seu conhecimento, um grande apreço; e que, para a sessão de apresentação pública do trabalho que refere, eu, então director de serviços e responsável pela edição do trabalho, propuz ao director- geral que fosse convidado o Cecilio, autor da primeira carta de sensibilidade aos incêndios, feita ainda quando não havia computadores nem imagens de satélite! Mas o DG não concordou, não achou conveniente!

Gostar

4 08 2014
mcgs07

Engenheiro Victor Louro, agradeço-lhe as suas palavras e tenho imenso gosto em publicar o seu comentário que fica assim como testemunho confirmado de uma pessoa que, para além de ser director de serviços e responsável pelo trabalho referido que meu pai considerou meritório e muito necessário, meu pai estimava e respeitava. As suas palavras fizeram de alguma forma trazer a memória viva de meu pai e fazer-lhe justiça.

Gostar

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: