Le Tour 100: última etapa e festa…

22 07 2013

A festa foi um pouco fraquinha. Froome é assim mesmo, pelos vistos, hirto na festa como hirto no contra-relógio , como hirto na montanha, até lhe faltar o açúcar. Não houve chuveiro de champanhe nem abraço dos três do pódio. Champanhe não houve porque ninguém o ofereceu aos ciclistas do pódio, abraço não houve porque Froome é hirto… ou estava nervoso e esqueceu-se da tradição nas corridas de bicicleta. Ou só guarda os afectos para a equipa e afins. O rapaz até é simpático mas … hirto. O espectáculo multimédia foi fraquinho, fizemos melhor na expo 98. Enfim, uma espécie de anti-clímax este final.
Cavendish não conseguiu o sprint, com os dois gigantes alemães Embora por micro segundos Kittel ganha a etapa, Greipel é segundo e Cavendish terceiro.
Tivemos Sérgio Paulinho no podium com a melhor equipa: a Saxo de Contador que sorriu ( vá lá) e Kreuziger. Rui Costa termina no top 30, na posição 27. As duas etapas sabem melhor do que o top 10. Esse objectivo fica para a próxima.
Le Tour


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: