Unidade, solidariedade, amanhã, nem que seja por um dia

17 06 2013

Na retaguarda, muito na retaguarda, vou acompanhando, lamentando não estar no activo amanhã. Só amanhã.

Depois de amanhã é mesmo o “day after”: amanhã, os professores ou mostram a fibra de que são feitos e ninguém substitui umcolega em greve ou perdem  toda a capacidade de prosseguir consequentemente uma luta por reivindicações mais que justas. Gostei de ver as fotos das manifs, não há troikas à mistura, sabemos que o que está em jogo não é a troika que nos impõe , é a vontade de quem nos governa. Há outros cortes a fazer e não se fazem! Há gente que devia estar na prisão e não está. Como podem os partidos do governo sonhar com apoios consensuais???? Quando é que este governo reconhece que há coisas que tem de fazer e outras que não deve NUNCA fazer? Quanto ao PS, partido que asssinou o memorando , vai dançando o bailinho da tia Anica , agora em Paris,  num jogo de cintura que só engana quem tem memória curta. O maior ataque aos profs e à escola Pública começou com Sócrates, acompanhado de insultos aos professores e não ouvi Seguro dizer a ponta de um corno. Desculpem o vocabulário tauromático, que não deveria usar já que sou profundamente anti -touradas, mas aqui aplica-se.


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: