Pedra filosofal de Akira Senju

31 03 2012

Wikipedia sobre Akira Senju

Para relaxar depois de um dia cheio de ruralidade… os morangueiros estavam já afogadinhos em ervas daninhas e bem cravadas na terra. A monda dá muitas dores “nas cruzes” mas vale a pena restituir luz e espaço às plantas que tão produtivas foram o ano passado, estando já a florir e frutificar, apesar da concorrência feroz das ervas “oportunistas”, que cresceram cheias de viço, sugando o adubo que não lhes era destinado. Mas não se lhes pode levar a mal, elas não sabiam que o fertilizante era para alguns outros. Metáfora? Não era minha intenção mas até que se podem fazer umas extrapolações.
Quanto às pedras, vamos sempre encontrando muitas, mas nenhuma filosofal… algumas não são pedras, mas pedacinhos de cerâmica (pratos, calculo eu) que parecem indiciar que os meus antepassados partiam muita louça. Não são achados arqueológicos, a profundidade não é muita. Seria interessante encontrar algo mais valioso, com uns ouros ou pratas, mas nada… Metáfora? Também não foi intencional mas fica ao critério da imaginação do leitor.


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: