Profs que pediram reforma: há coleguinhas a salivar pelo vosso horário

27 07 2011

Pois é muito chato haver gente à nossa frente no cinema, quando a sala está cheia e não se pode ir ocupar um qualquer lugar vazio sem obstáculos à frente. Chatice… Pois , o interesse dos miúdos , claro,… é isso que move quem tem a lata de falar de colegas que pediram reforma dizendo que “deviam arranjar-lhes um serviço qualquer”. No meu tempo (he he, dá certo gozo dizer isto agora…) as escolas já não reservavam horários para quem tivesse já pedido a reforma no ano anterior. Mas agora já não é assim? Não será antes outra coisa? Não estarão em baixa médica sem pedido de reforma? É que o sistema permite isso, e então batatas, têm mesmo que se reservar horários para quem de direito, ou seja os professores do quadro de escola… Mas voltemos aos servicinhos: limpar livros da biblioteca parece-me um trabalho honesto, pois então, claro que sim, … não se desse o caso de muitos (mesmo muitos, demasiados)  dos professores que se reformam antes do tempo (por má sorte dos coleguinhas mais novinhos) serem bons, muito bons e excelentes professores em sala de aula, e que por sinal também têm (azar dos colegas) mais tempo de serviço.

A idade não será posto mas o tempo de serviço é considerado em todas as profissões, talvez porque a experiência é importante no percurso profissional, não sei, …que acham,.. talvez… ou acham que não? Os mestrados é que deviam contar? (E há cada mestrado, e há cada doutoramento que nem mestrado seria noutro contexto, Deus Nosso Senhor nos valha).  Possivelmente alguns desses professores que pediram a reforma porque se fartaram do caos , do facilitismo, do laisser-faire e do lambebotismo  não adivinharam algo que ainda hoje parece impossível: aparecer um Crato a fazer voltar o sistema de ensino ao necessário rigor , exigência e inerente disciplina. Em todos os cursos, também nos profissionais onde  sabemos que o regabofe impera. Ainda me custa a acreditar que Crato consiga inverter o rumo da pesada máquina do eduquês e interesses estabelecidos inerentes… confesso que acho muito difícil mesmo a tarefa que tem pela frente. Mas voltemos aos servicinhos:  sala de estudo sem qualquer plano, apenas estar lá, por exemplo… pintar as balizas  e coisas semelhantes para os de educação física. Pintar paredes para os de educação visual… Sobravam desta forma uns horários de cursos normais porreirinhos para os coleguinhas que …de outra forma, têm de concorrer. Chatice. Eu acho que os miúdos talvez tenham a sorte de encontrarem professor contratado jovem e com ética quiçá melhor do que os tais que querem dar servicinhos aos colegas mais antigos. Serão eles profs já  na carreira, mas com gente a barrar-lhes o caminho para o assalto ao horário fresquinho…  Ou serão contratados de recondução? Quadros de região? Quadros de escola mais novos que ficam com horários zero e têm de concorrer…?

 E porque não dar-lhes uns servicinhos na próxima colocação ou se não ficarem colocados?


Ações

Informação

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.




%d bloggers like this: