A catástrofe (anunciada) na Madeira e invocação religiosa

21 02 2010

[…]OM SANGJE MENLA is short invocation mantra in Tibetan, invoking the Blessings of Medicine Buddhas. In this concise spiritual practice we recite verses of Refuge & Bodhicitta, Praises and dedication of merit. We see the mandala of Medicine Buddhas, turning of his short mantra and Buddhist practice text in Tibetan (2). In this suffering world there are numerous diseases,epidemics,famines,war and natural catastrophes (flood,earthquakes,droughts,winds,fire). […] in openbuddhistforum (mantra no post anterior)

A tragédia na Madeira
“Ribeiras transbordam e lançam o pânico em vários pontos da ilha” -DN Madeira

A maior catástrofe em 100 anos na Madeira -Público

As gentes da Madeira sempre invocaram a Virgem e Deus, para estas catástrofes e outras. Mas nunca será demais invocar as bençãos dos Buddhas , sobretudo a purificação das almas gananciosas e a iluminação ou a dádiva da sabedoria aos poderes públicos cujas almas sofrem frequentemente também do primeiro mal. A ignorância já nem pode ser invocada. Sabem-se as razões pelas quais a “ribeira” ou seja , as várias ribeiras da Madeira se podem transformar em forças com energia semelhante aos tsunamis provocando os mesmos efeitos que poderiam ainda ser muito superiores aos verificados; não o são porque a população de alguns lugares, aldeias e vilas sabe ouvir a ribeira e desaparecer do seu percurso deixando tudo atrás. Meu pai escreveu sobre o problema das enxurradas  em artigo quase profético publicado em 1985 no DN do Funchal, como é aqui referenciado, mas não reproduzido nem parcialmente. Posteriormente tentarei publicar neste blog esse artigo. Claro que não deve ter sido o único nem o último a falar das causas várias. (Actualização: as causas são tratadas em artigos como “Uma enxurrada começa com uma gota” , publicado em ISLENHA,  nº 7 ,Jul-Dez 1990 e parcialmente reproduzido em post neste blog em 2 de Março 2010.)

Veio depois a enxurrada de 1993 e nada se aprendeu???

É a construção excessiva, o apertar dos vales das ribeiras e é a DESFLORESTAÇÃO. E não venham com a anedota das sargetas entupidas que se ouve muito no continente, citada como causa das cheias… Pois é asssim mesmo: contra a ignorância e a ganância, invoquemos todas as entidades sobrenaturais possíveis, só elas podem ajudar. O ser humano em geral (e infelizmente o português não será exemplo para ninguém) é mesmo assim, empedernido, embrutecido no gosto da cobiça . Intervenção divina, só ela pode ajudar. 

Entretanto Sócrates foi lá ver e tentar redimir-se , talvez, junto às populações que dos rendimentos off-shore nada vêem e vão confiando (e votando) sempre no seu conterrâneo sem papas na lingua (relativamente ao “opressor” “cubano”) e  que lhes distribui estradas e migalhas, sorrisos e piadas. Como é que o primeiro ministro não foi corrido à pedrada ou outro entulho menos agresivo mas mais eficaz no efeito simbólico- a lama devidamente temperada de todos os dejectos humanos -, com tanta ali à disposição? Terá prometido aquilo que não pode dar , pelo menos do orçamento,  pois o Teixeira demite-se e é uma desgraça para o país que já quase não tem finanças nem mais ninguém que queira ir para o ministério das ditas….

PS: Não interpretem isto como ataque ao governo regional. João Jardim  saberá se tem responsabilidades nas causas deste desastre “natural. Mas devo dizer que tem subido na minha consideração desde que temos um inimigo comum (adivinhem quem) e desde que tratou a questão da avaliação dos professores de forma corajosa, caracterizando o problema exactamente como ele de facto foi , era, e está a ser tratado no continente, uma questão de lana caprina (não sei se foi essa a expressão) acabando administrativamente com a confusão que continuou,  continua e continuará, cá por estes lados do mesmo mar…

Actualização: para ler o artigo “Eu tive um sonho” ver este post do dia seguinte.


Ações

Informação

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.




%d bloggers like this: