Santana Castilho no seu melhor

25 11 2009

Reproduzido no blogue de Paulo Guinote o artigo de Santana Castilho, no Público de hoje,  sobre os últimos desenvolvimentos e peripécias da saga  avaliação de desempenho docente:

Um modelo de avaliação iníquo, tecnicamente execrável e humanamente desprezível é agora aceite em nome do pragmatismo.

A falta de classe

Como sempre, corrosivo, perspicaz e bem informado, na minha humilde opinião. É exactamente isso que está a acontecer e temo que as profecias do professor se realizem. Por exemplo,  a fractura da plataforma sindical seria muito prejudicial para a classe e muito favorável à sua destruição (da classe), em todos os sentidos.


Ações

Informação

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.




%d bloggers like this: